NOVIDADES

A-
A+

Edições de 2015

» Empresário assume Vice Presidência no Conselho Diretor Nacional do IBEF » Instituto realiza atualização permanente do cadastro dos seus associados

Edições de 2013

» Retenção de talentos será tema do próximo café da manhã » Prêmio IBEF de Sustentabilidade celebra práticas empresariais sustentáveis » Custo da burocracia para a abertura de capitais » Congresso Nacional de Executivos de Finanças será em outubro » Notícias publicadas sobre o IBEF-PE disponíveis no site » Opinião: associados podem colaborar com as “Palavras do IBEF-PE” » Executivos conhecem projeto que revitalizará área portuária do Centro do Recife » Conef 2013 será em outubro no Rio de Janeiro » Sustentabilidade da economia brasileira e pernambucana só é possível com o fim de antigos problemas fiscais e de infraestrutura » Posse da diretoria nacional conta com a presença de presidentes das seccionais do IBEF » IBEF apoia reequilíbrio das dívidas dos estados e municípios com a União » IBEF-PE com foco na divulgação de suas atividades e comunicação com associados » Site institucional reformulado » Conselho Diretor conta com novos integrantes e configuração » IBEF-PE é destaque na Revista Algo Mais » Poupança registrou captação líquida de R$ 2,3 bilhões em fevereiro » Copom mantém taxa Selic em 7,25% ao ano » Os 5 vilões do endividamento » Dívida nem sempre é ruim; especialistas explicam o porquê

Edições de 2012

» Opinião – “Breves considerações sobre a Tributação Ambiental no Brasil” » "Guerra dos Portos" prejudica o progresso? » Por que tão poucas empresas familiares conseguem chegar à segunda geração? » Fiscalização tem foco nos grandes » Copom acelera o ritmo e reduz a Selic para 9,75% ao ano » Qual é a melhor empresa do Brasil? » Petrobras prevê aumentar produção em 367 mil barris diários » Quer investir em imóveis? Confira 10 dicas para se dar bem neste mercado » Como caçar pechinchas no mercado imobiliário » Quer ter sucesso nos investimentos? Veja 10 livros que podem ajudar » Investir em imóveis ou fundos imobiliários? Veja qual a melhor opção

Edições de 2011

» Petrobras já captou US$ 18 bilhões este ano, diz gerente da Petrobras em seminário » Fim da transição fiscal » Companhias tiveram menos problemas ao adotar padrão contábil internacional » Indústria e comércio aprovam corte na Selic e afastam riscos inflacionário » Comprar imóvel na planta requer atenção redobrada às finanças » Comportamento identifica se pessoa tende a se tornar inadimplente » Psicologia revela propensão a dar calote » Adiantar 13º é indicado para quem tem dívida; confira condições » Morar ou investir: critérios para compra de imóveis são diferentes, dizem especialistas » Crise: novo patamar de crescimento » 4 estratégias para vender seu imóvel mais rápido » Vencedor do Prêmio Revelação em Finanças em 2010 realiza debate no IBEF SP » Qual o perfil e quanto ganha um consultor? » Fundos imobiliários ganham força no País » Brasil sofre mais para recrutar no setor financeiro » Mercado brasileiro é destaque de palestra no IBEF » Apesar da crise, 75% dos executivos de finanças manterão os investimentos até o final do ano » Executivo brasileiro considera crise atual menos intensa que a de 2008 » Previdência privada cresce, mas controlar recursos tem vantagens » Para executivos de SP, crise atual é menos preocupante que a de 2008 » Redução da Selic agrada comércio e indústria, mas ambos querem novas quedas » COPOM: Para IBEF, corte na Selic foi decisão acertada » IBEF Premia empresas com excelência em sustentabilidade » Qual é a melhor maneira de comprar a casa própria? » Executivos esperam escassez de ofertas até o fim de 2011 » Aplicar em imóveis dispensa fortes emoções » Pesquisa revela que Governança Corporativa agrega valor às empresas » Como praticar a melhor gestão de pessoas e processos » Para IBEF, alta da Selic compromete a competitividade das empresas no Brasil » Sem surpresa, Copom sobe a Selic pela 5ª vez seguida, para 12,50% ao ano » IBEF SP e KPMG buscam revelações em finanças no setor de seguros » Imóveis: com alta de preços, especialistas comentam se é melhor comprar ou alugar » Análise: Após três anos de alta, preço de imóvel pode cair a partir dos próximos meses » Ibef. Tênis e negócios » Governo lança hoje previdência para atletas » 'BC já vê 2011 como um caso perdido', diz presidente do IBEF » Imóvel deve ser visitado antes da compra no Feirão da Caixa » Transportes Metropolitanos terá 90% de verba liberada em SP » Dividido, Copom eleva juros a 12% » Prepare o seu bolso: os juros devem continuar subindo » Economia brasileira vai bem, mas surgem sinais de alerta

Imóvel deve ser visitado antes da compra no Feirão da Caixa

Maio 13, 2011

Publicidade
DE SÃO PAULO

Começa hoje (13) a sétima edição do Feirão Caixa da Casa Própria, no Centro de Exposições Imigrantes. O evento reúne 195 mil imóveis na região metropolitana de São Paulo, entre novos, usados e na planta.

Apesar da facilidade de ter no mesmo local construtoras, corretores, cartório e técnicos da Caixa Econômica Federal, especialistas indicam cautela na hora de fechar o negócio.

"A primeira coisa que o consumidor deve fazer é checar a lista de imóveis disponíveis e visitar o local antes de comprar", indica Luiz Calado, vice-presidente do Ibef-SP (Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças de São Paulo).

É importante ir ao imóvel durante a noite e o dia, para saber como é o trânsito, a segurança da região, a vizinhança e o barulho. Além de saber se a área tem fácil acesso.

Se isso não for possível antes do Feirão, o evento pode ser uma boa oportunidade para conhecer mais imóveis, preços e comparar condições para a compra futura.

"Feirão não é sinônimo de bom negócio", alerta José Geraldo Tardin, presidente do Ibedec (Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo). "Muitas vezes os valores no evento são os mesmos do mercado".

Também é importante que o visitante já saiba o valor do imóvel que pode financiar antes de começar a procura. Para isso, basta ir a uma agência da Caixa com os três últimos comprovantes de renda, RG e CPF e pedir a pré-aprovação do crédito.


Imóvel deve ser visitado antes da compra no Feirão da Caixa


Publicidade
DE SÃO PAULO

Começa hoje (13) a sétima edição do Feirão Caixa da Casa Própria, no Centro de Exposições Imigrantes. O evento reúne 195 mil imóveis na região metropolitana de São Paulo, entre novos, usados e na planta.

Apesar da facilidade de ter no mesmo local construtoras, corretores, cartório e técnicos da Caixa Econômica Federal, especialistas indicam cautela na hora de fechar o negócio.

"A primeira coisa que o consumidor deve fazer é checar a lista de imóveis disponíveis e visitar o local antes de comprar", indica Luiz Calado, vice-presidente do Ibef-SP (Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças de São Paulo).

É importante ir ao imóvel durante a noite e o dia, para saber como é o trânsito, a segurança da região, a vizinhança e o barulho. Além de saber se a área tem fácil acesso.

Se isso não for possível antes do Feirão, o evento pode ser uma boa oportunidade para conhecer mais imóveis, preços e comparar condições para a compra futura.

"Feirão não é sinônimo de bom negócio", alerta José Geraldo Tardin, presidente do Ibedec (Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo). "Muitas vezes os valores no evento são os mesmos do mercado".

Também é importante que o visitante já saiba o valor do imóvel que pode financiar antes de começar a procura. Para isso, basta ir a uma agência da Caixa com os três últimos comprovantes de renda, RG e CPF e pedir a pré-aprovação do crédito.


Zanone Fraissat/Folhapress

Serão oferecidos 195 mil imóveis no evento de São Paulo

Esse trâmite também poderá ser feito durante o evento.

RENDA

O indicado é que no máximo 30% da renda familiar seja comprometida com o financiamento. Caso o comprador tenha outras parcelas a serem pagas, como as de um financiamento de carro, o percentual deve considerar o valor de todos os débitos mensais.

Para a entrada, não adianta usar toda a poupança da família. "Caso haja um imprevisto, o comprador pode não ter dinheiro para pagar uma parcela futura e perder o imóvel", adverte Calado.

O ideal é sempre ter cerca de 5% do valor do imóvel guardado, o valor é suficiente para pagar cerca de quatro parcelas do financiamento.

Durante a feira, alguns imóveis serão 100% financiados. Contudo, se não houver entrada, o mutuário deve lembrar que o valor pago ao final do financiamento será maior.

No caso de imóveis novos, é adequado que o comprador seja mais conservador e destine no máximo 20% dos seus rendimentos.

Além das parcelas, os contratos de imóveis na planta costumam ter as chamadas intermediárias, parcelas maiores pagas semestral ou anualmente.

USADOS

Na ponta do lápis, os usados podem ser mais vantajosos, com o preço do metro quadrado mais baixo do que o de imóveis na planta.

Se essa for a escolha, torna-se ainda mais importante a visita ao imóvel para ver as condições de manutenção do bem. Além disso, ressalta Tardin, "quem dá garantia em contrato não é gerente de banco nem corretor de imóveis, é necessário um advogado".

SERVIÇO

Feirão Caixa da Casa Própria em São Paulo
ONDE: Centro de Exposições Imigrantes (Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, Água Funda)
QUANDO: sex., das 10h às 20h30; sab. e dom., das 9h às 20h

A-
A+

PATROCINADORES




Desenvolvido por: