PALAVRAS DO IBEF Pernambuco

A-
A+

Em 2011

» O custo da evolução contábil para a incorporação imobiliária no Brasil » Um grande avanço nas práticas contábeis » Expansão sustentável » Contabilidade e contabilistas, o grande avanço da profissão » Meritocracia - otimizando resultados » Quanto vale o seu negócio? » A importância de uma gestão estratégica » Informação: o segredo da boa gestão » O resultado é sempre do grupo » A Importância do Networking

A Importância do Networking

Claribenor de Oliveira Freitas Filho

Desde os primórdios, o homem tem a necessidade de formar redes ou comunidades, seja para facilitar a vida como numa grande caçada onde a presa não seria facilmente atacada por apenas um indivíduo como para proteger-se dos ataques dos predadores ou ainda para a troca de informações e de produtos, daí surgiram os primeiros grupos de pessoas onde nasceram as primeiras civilizações.

Se pensarmos, vamos ver que o “networking” é exercido desde o início das civilizações, passando por grupos formais e informais e hoje com a internet essa forma de associação ficou bastante facilitada. Temos diversas redes sociais que facilitam a prática, algumas meramente para brincadeira e troca de fotos e outras com um perfil voltado ao desenvolvimento e relacionamento profissional. Nelas podemos conhecer novas pessoas, como também reencontrar velhos conhecidos, seja porque o tempo nos afastou ou pela mudança de cidade, informar por onde estamos, o que fazemos, qual a nossa formação. Hoje podemos nos comunicar com o mundo apenas usando o computador pessoal.

Entretanto, existem pessoas que residem na mesma cidade, no mesmo bairro, torcem pelo mesmo time de futebol, tem os mesmos amigos, os filhos estudam na mesma escola, tem o gosto musical semelhante e outras formas de laço, e, mesmo assim, nunca se encontram ou sequer falam por telefone ou trocam e-mails. E o que mais ouvimos é: falta de tempo. Será que a falta de tempo nos afasta das pessoas que temos tanto em comum?

Temos visto muitos profissionais que, por pensarem estar bem posicionados, esquecem seus contatos, sequer tem as agendas atualizadas, não comparecem aos eventos nas quais são convidados, não enviam e-mail de aniversário ou de felicitação aos amigos que obtiveram uma promoção ou pelo nascimento de um filho.

O mundo está cada vez mais competitivo, quem se afasta das pessoas fica esquecido, perde oportunidades de negócio ou de uma nova colocação no mercado de trabalho. Não adianta o profissional ser brilhante, ter excelente formação acadêmica se ele não for conhecido do mercado, não estar presente em eventos, almoço com os amigos, ex-colegas de trabalho ou associar-se a algum grupo de profissionais de sua área de atuação ou interesse, bem como ter uma agenda organizada e atualizada e ter a certeza de que os seus contatos também possuem seus dados atualizados. Para estes o mercado torna-se cruel e nada é pior do que o esquecimento no mundo corporativo.

Tenho exercitado o “Networking” de diversas maneiras, mas uma em especial gostaria de exemplificar com um fato. Há aproximadamente 5 anos, em conversa com um ex-colega e amigo, surgiu a ideia de promovermos um almoço mensal, na última sexta de cada mês. No princípio, éramos apenas ex-profissionais de uma mesma empresa. Hoje este almoço tem uma freqüência média de 25 pessoas e temos um cadastro de 70 participantes, nas quais participam diversas pessoas do mesmo segmento da empresa inicial. No início, queríamos saber quem estava onde, mapeamos algumas pessoas chaves e essas trouxeram outros contatos, formamos uma rede de proteção. Dessa experiência, temos visto alguns negócios serem fechados, alguns profissionais recolocados e contratações sendo facilitadas, sempre oferecemos vagas de emprego e pedimos indicações para determinadas posições, nas quais estamos buscando profissionais no mercado.

Mais recentemente com a fundação da Seccional do IBEF-PE (Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças), tornei-me membro e fui convidado a participar de sua diretoria como vice-presidente de Expansão. Temos a missão de desenvolver os profissionais de Finanças de nosso estado, bem como melhorar nosso Network para que possamos ter uma instituição forte e atuante em nosso estado.

Por último vai uma dica: devemos sempre estar em contato com nossos amigos, ex-colegas, estar presente em eventos, manter uma página em site de relacionamento (adequado ao seu perfil) e manter sempre agenda atualizada, bem como informar a seus contatos sua movimentação profissional e de endereço. Dessa forma as oportunidades que porventura seriam suas não serão desperdiçadas porque ninguém te encontrou.

Claribenor de Oliveira Freitas Filho é vice-presidente de Expansão – IBEF-PE


E-mail: claribenor@oi.com.br
Twitter: @claribenor
Linkedin: http://br.linkedin.com/in/claribenor

Faça o download.

Os artigos publicados são de inteira e única
responsabilidade de seus respectivos autores,
não refletindo obrigatoriamente a opinião da revista.

A-
A+

PATROCINADORES




Desenvolvido por: